Foto: Marlon Diego/DP

Aos 11 anos, garoto recifense Richardson Cardoso (MC Bruninho, vem fazendo sucesso nas plataformas digitais. Com quase 70 milhões de visualizações no YouTube o dono do hit "Jogo do Amor" é o mais novo grande sucesso recifense que vem tomando o Brasil inteiro com seu brega romântico. Graças ao hit autoral Jogo do Amor, composto por ele e o amigo Leandro Felipe – conhecido artisticamente como Léo da Jegga, alcançou números expressivos em diversas plataformas digitais. E tudo isso em menos de um mês. 

“Estava com meu amigo Léo. A música não estava terminada, e a gente começou a pensar juntos. O Léo tava com um caderno numa necessaire que ele tinha. Ele começou a escrever, eu também e aí nasceu”, explica o tímido garoto, ainda tentando assimilar o meteórico sucesso alcançado nas redes sociais.

Das duas estrofes que Bruninho escreveu em seu quarto depois da escola, com a colaboração do Léo e a produção musical do DJ Batidão Stronda – nome artístico do recifense Guilherme da Silva, 20 anos – a faixa com letra inocente, um bregafunk apelidado de “batidão romântico”, foi parar no topo do Spotify como música viral no Brasil e no mundo.

O precoce cantor – que ganhou este nome artístico por causa de um amigo que levantou uma semelhança com um sobrinho dele – começou a perceber o sucesso de Jogo do Amor ainda no bairro de Alto Santa Terezinha, Zona Norte do Recife, lugar onde nasceu e morava até alguns dias atrás. “Quando eu ia jogar bola, as pessoas me paravam para dizer: ‘Aí, você é o MC Bruninho?’ Eu dizia que sim. E as pessoas pediam para tirar foto comigo”, relata ele com um sorriso mais aberto.

Em processo de formação de repertório e ensaio para os shows, Bruninho conta que já gravou duas canções novas. Uma delas será uma parceria com o MC Livinho. A ideia, segundo seu staff, é seguir no estilo batidão romântico que deu fama ao jovem artista.

Com informações do Jornal do Commercio e Diário de Pernambuco
Share To:

Karlynhus Oliveira

Digital Influencer e Jornalista.

DRT 6658/PE

Post A Comment:

0 comments so far,add yours